domingo, 31 de março de 2013

Dia 6,7 e 8 - Colónia




Colónia é o ultimo destino desta viagem. E 3 dias chegam e sobram para ver uma cidade cuja principal atracção é a sua catedral ( a segunda mais alta da Europa ) e que se pode subir ... são só 533 degraus ;)
As principais coisas aqui para ver são as igrejas e pouco mais para ser sincero.



Para quem gosta de compras, isto está cheio de ruas dedicadas ao consumismo ;). Para quem gosta de bolas de Berlim, elas aqui custam 1€ e vêem duas ( pena o creme ser de framboesa :(



Hora de fechar este pequeno tour. Daqui a um mês há mais :)

quinta-feira, 28 de março de 2013

Dia 5 - Gent




Gent fica a 1 hora de comboio de Bruges e é uma óptima aposta para passar um dia.
Tudo o que Maia interessa ver está no centro da cidade e os canais que se vêem por todo o lado fazem lembrar as cidades holandesas.



A visita à Bélgica está a terminar. Ontem lá comi o belo do mexilhão típico e provei uma das cervejas locais aqui de um bar de Bruges.
Amanhã arranco para Colónia na Alemanha.

quarta-feira, 27 de março de 2013

Dia 4 - Bruges




E a estadia em Bruxelas terminou. Obrigado Paulo pelo bocado de chão ;)
A viajem entre Bruxelas e Bruges é rápida (1 hora) e depois de 2 km a andar, lá cheguei ao meu novo pouso.
Bruges é conhecida como uma das cidades medievais mais bem conservadas da Europa e percebe-se porquê.



Embora pequena, caminhar por estas ruas é uma delicia. O conjunto dos edifícios antigos, com os canais que delimitam a cidade são brutais.
As ruas estão cheias de turistas de todo o lado e para variar, conheci a cidade integrado num free walking tour organizado pelo Hostel onde estou.


Falta amanhã subir os 360 degraus da torre principal para ver Bruges do ponto mais alto da cidade e depois arranco para a ultima cidades a visitar na Bélgica ... Gant.

Location:Langestraat,Bruges,Belgium

terça-feira, 26 de março de 2013

Dia 3 - Maastricht




Eu chamo aos dias como o de hoje de explorações turísticas extremas . São aqueles dias em que estamos num sítio precisamos de chegar a outro e não sabemos como lá chegar e quando lá chegamos não temos mapas nem sabemos nada sobre o que ver.



Para chegar a Maastricht vindo de Bruxelas é preciso apanhar um comboio para Liege e depois outro que nos leva ao destino final, já na Holanda (somado são menos de 2 horas de viagem).
A estacão de comboio não tem informações (foi preciso descobrir o posto de informações no centro da cidade para arranjar um mapa por 1,6€ - deve ser pago por ter a explicação de um percurso pedestre pela cidade :-/ ).



A cidade é pequena mas muito "lindinha". Com as ruas estreitas, tipicamente holandesas, e muito bem cuidadas, está cheia de vida com ruas repletas de lojas e pontos de interesse. Como principais monumentos, as Igrejas e a antiga muralha da cidade, são visitas obrigatórias.



Amanhã é dia de voltar a meter a mochila às costas e partir para Bruges...

segunda-feira, 25 de março de 2013

Dia 2 - Bruxelas




Bruxelas é daquelas cidades que não precisam de muito tempo para ser vistas. Ontem deu para ver quase todos os marcos mais importantes e hoje foi dia de picar os poucos que ficaram a faltar. O primeiro do dia foi o Atomium (para mim claramente o marco principal da cidade e merece ir lá a cima) depois, a basílica nacional do Sacré-Coeur e por fim a Catedral Sts Michel et Gudule.



Amanhã vou dar um pulo há Holanda para conhecer Maastricht que segundo dizem é bem mais interessante do que o tratado que a tornou famosa.

domingo, 24 de março de 2013

Dia 1 - Bruxelas




Depois de uma chegada cheia de neve e frio, hoje o dia começou apenas com frio . Esta esta etapa do Tour do Jorge pelo Mundo começa em Bruxelas numa viagem que estava planeada há muito, mas por diversas razões tem ficado na gaveta.
As primeiras impressões são boas, tirando a temperatura nada amena que só é suportável graças a muitas camadas de roupa.


Deu para ver muita das atracções principais aqui da terra - Parque do Centenário, Museu de história militar, Edifícios do Parlamento, Gran Place,La Bourse, Palácio da Justiça, Manneken Pis...


Como curiosidades, existe aqui uma panca qualquer relacionada com figuras a urinar (vi estatuas com um cão , um menino e uma menina em tais figuras), gofres com Nutela são lanche obrigatório , batatas fritas com molhos diversos são snacks divinais e fachadas laterais de prédios com pinturas gigantes de imagens de BD são ás resmas.



Amanhã haverá mais Bruxelas ...

Location:Leuvense Steenweg,Sint-Joost-ten-Node,Belgium

terça-feira, 19 de março de 2013

Correr + Viajar = Épico

Embora já ande nestas coisas das corridas à algum tempo, só este fim de semana tive a minha primeira "internacionalização". E que fim de semana foi ...
A base de operações foi a cidade de Vigo onde depois de uma noite muito bem regada no Arenal ( Espanha, as suas tapas e os seus vinhos ... dão cabo de mim ) e uma noite de repouso arrancámos para a bela terra Baiona a fim de participarmos na Meia-Maratona de Vig-Bay.
A expectativa para esta prova era grande.
O percurso é feito sempre com vista para a baia de de Baiona onde se podem ver praias magnificas e paisagens de cortar a respiração. O ambiente é muito diferente do que se encontra em Portugal ... ruas cheias de gente a apoiar ao longo de toca a prova.
Em suma, ÉPICO.
Para a história fica o prazer de ter conhecido um grupo fantástico de pessoas, de ter degustado novamente as maravilhas gastronómicas de nuestros hermanos, de ter ficado a conhecer um bocadinho melhor o Norte do nosso Pais ... e já agora o meu novo record da Meia (1 hora e 40 minutos).
Venham de lá mais provas como esta ;)

terça-feira, 12 de março de 2013

Da estrada para a lama

Desde há coisa de 2 anos que o mundo das corridas se tornou num dos meus passatempos favoritos.
Até à bem pouco tempo apenas andava a correr na estrada, mas após um treino inspirador no final da preparação da minha primeira Maratona, fiquei com vontade de conhecer melhor este mundo.
O Trail da Arruda dos Vinhos foi a minha estreia em provas de Trail. E parece-me que foi a primeira de muitas.
E já há um grande desfio na calha ... o Ultra Trail de Sesimbra de 50 Km ;)

quinta-feira, 7 de março de 2013

A história do primeiro Hacker famoso

Isto de ir de transportes públicos para o trabalho tem muitas vantagens. Uma delas é poder ler mais livros por mês do que alguma vez li.
Esta foi uma agradável surpresa. Kevin Mitnick foi o primeiro Hacker famoso chegando a estar no Top 10 dos mais procurados pelo FBI.
A história é contada pelo próprio de um forma nada técnica. E que história este senhor tem para contar ...
Um livro recomendado quer para as pessoas ligadas a essa coisa dos computadores, quer a malta que gosta de uma história real de vez em quando.

Nota: 4 em 5
 

terça-feira, 5 de março de 2013

Honorato - Hambúrgueres Artesanais

Embora o Hamburguer seja normalmente associado a Fast Food, nos últimos tempos teem aparecido vários espaços dedicados a uma confecção mais elaborado destas rodelas de carne picada.
O Honorato tem sido um dos que mais tem dado que falar. O atendimento é magnifico, a decoração simples mas muito agradável, com a vantagem de que quem quiser pode escrever nas paredes de ardósia espalhadas pelas diversas paredes. Quanto aos hamburguers ... são magníficos. Não sei se serão os melhores de Lisboa, mas deverão estar lá perto. Eu provei o o Hamburguer Honorato e fiquei cheio de vontade de experimentar mais uns quantos ;)

Nota: 17 em 20
Género: Hamburguers
Preço por pessoa: 9€